Espalhe por aí                  Visitas: 207


02/11/2015 às 19:30:11
Estudos sugerem que tirar mês de 'férias' do álcool faz bem para a saúde

Cientistas acreditam que um mês sem álcool já ajuda fígado a se recuperar. Pesquisa que será apresentada este mês indica benefícios de abstinência.
créditos: g1

Uma pesquisa que deve ser apresentada este mês na reunião anual da Associação Americana para o Estudo de Doenças do Fígado concluiu que deixar de consumir bebidas alcoólicas por quatro semanas já traz benefícios mensuráveis para a saúde do indivíduo.
 


O estudo, cujos detalhes só serão conhecidos depois da apresentação no evento, mediu o impacto da abstinência de álcool temporária em 102 pessoas. A conclusão, segundo o jornal "The Guardian", foi que eles tiveram uma redução da fibrose do fígado, situação que pode levar à cirrose.
Os pesquisadores acreditam que as "férias" do álcool podem ajudar o fígado a se recuperar, ao menos parcialmente, dos danos provocado pelas bebidas.
Este não é o primeiro estudo a avaliar o impacto de um período de abstinência alcoólica na saúde de pessoas que costumam beber socialmente. Em 2013, um projeto proposto pela equipe da revista "New Scientist" em parceria com pesquisadores do Instituto do Fígado e da Saúde Digestiva na Escola de Medicina da University College London (UCLMS) mediu os efeitos da abstinência em 10 membros da equipe da revista, em comparação a 4 membros que continuaram bebendo socialmente.
saiba mais
Veja os efeitos do álcool na saúde
Médicos gêmeos comparam efeito de porre com consumo social de álcool
O grupo foi submetido a testes antes e depois da experiência e os resultados concluíram que, em média, a parcela de gordura no fígado caiu 15% nos que evitaram o álcool durante o período. O nível de glicose no sangue também caiu em média 16% entre os abstinentes. Os participantes que deram férias para o fígado também relataram ter um sono de melhor qualidade, além de maior nível de concentração depois da experiência.
No Reino Unido, algumas campanhas propõem a abstinência alcoólica temporária. A "Dry January", por exemplo, incentiva que as pessoas não bebam durante os 31 dias de janeiro, além de arrecadar recursos para a organização Alcohol Concern. Já a "Go Sober for October", organizada pela instituição Macmillan Cancer Support, propõe a abstinência no mês de outubro e a arrecadação de fundos para o combate do câncer.

COLUNISTA

PAULO PAIVA

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Saúde

Dica Para Fazer o Esmalte Secar Mais Rápido

Mergulhar as mãos em água gelada é truque certeira para secar o esmalte mais rápido

18/03/2016   09:23:46

Ler Matéria

Esfoliante caseiro de açúcar renova a pele e diminui oleosidade

Esfoliação ajuda a eliminar as células mortas da superfície e a desobstruir os poros

18/12/2015   06:03:06

Ler Matéria

Zika pode ser transmitido por leite ou sêmen? Veja o que a ciência já sabe

Principal forma de transmissão do zika vírus é pelo vetor Aedes aegypt

10/12/2015   05:17:19

Ler Matéria

Manteiga: antes vilã da alimentação saudável, ela finalmente foi reabilitada

Sempre vista como vilã nas dietas, a manteiga agora assume papel de superfood

09/12/2015   06:51:14

Ler Matéria

Exercício intenso, mas sem exaustão, melhora humor de jovens, diz estudo

Pesquisa da Unifesp avaliou efeito psicológico de exercício de alta intensidade. Quando praticante atinge estado de exaustão, efeito no humor é negativo.

02/11/2015   19:47:32

Ler Matéria

Estudos sugerem que tirar mês de 'férias' do álcool faz bem para a saúde

Cientistas acreditam que um mês sem álcool já ajuda fígado a se recuperar. Pesquisa que será apresentada este mês indica benefícios de abstinência.

02/11/2015   19:30:11

Ler Matéria

Estudo explica por que você deve fugir de restaurantes que servem porções avantajadas

Cientistas do Reino Unido alertam que porções muito grandes de alimentos levam as pessoas a comer além da necessidade, aumentando o risco de doenças como câncer e obesidade

07/10/2015   06:23:24

Ler Matéria

Texto da jornalista Fernanda Gentil sobre amamentação fortalece cinco mitos sobre aleitamento materno; veja quais são

Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o aleitamento materno exclusivo durante os seis primeiros meses de vida do bebê, média brasileira é de 54 dias

07/10/2015   06:19:22

Ler Matéria



 
   
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções da Jovem Rio!






  
Copyright © 1998/2015 Todos os direitos reservados!