Espalhe por aí                  Visitas: 396


09/04/2015 às 19:49:39
Governo de MG remédios vencidos avaliados em R$ 13 milhões

O local fica na cidade de Contagem, situada na região metropolitana de Belo Horizonte.
créditos: oul

O governo de Minas Gerais, atualmente comandado pelo PT, informou por meio da Secretaria de Estado de Saúde ter localizado cem diferentes medicamentos com data de validade vencida que haviam sido comprados pela gestão anterior, ligada ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Ao todo, conforme as contas da atual administração, são 6 milhões de unidades (contados em forma de cápsulas, unidades ou frascos), que totalizam aproximadamente R$ 13 milhões, e estão estocados em um galpão de empresa que presta serviço de armazenamento e distribuição para a secretaria de saúde desde 2012.

O local fica na cidade de Contagem, situada na região metropolitana de Belo Horizonte.

O levantamento faz parte de auditoria divulgada recentemente pelo governador Fernando Pimentel (PT) e vem sendo usada por ele para tentar desconstruir o intitulado "choque de gestão", uma das bandeiras do governo comandado por Aécio Neves (2003-2010), e continuado por Antonio Anastasia (PSDB), que deixou o cargo em abril de 2014 para concorrer ao senado, sendo substituído pelo então vice, Alberto Pinto Coelho (PP).

Entre outras coisas, o Executivo estadual cita suposto deficit de R$ 7 bilhões e centenas de obras encontradas paralisadas. A gestão passada nega.

Conforme a Secretaria de Saúde, entre os remédios com data de validade vencida estão Dipirona (para tratamento de dor e febre), Mebendazol (vermífugo) e Gliclazida (remédio para tratamento da diabetes) e deveriam ter sido destinados para as vinte e oito regionais de saúde do Estado.

Em nota, a secretaria informou que "devidas medidas estão sendo tomadas para apurar as responsabilidades pelo vencimento de cada um dos medicamentos".

Conforme o órgão, eles deveriam ter sido repassados às regionais de saúde com tempo mínimo de seis meses antes da data de vencimento.

Ainda segundo o texto, após a apuração os remédios vencidos serão "encaminhados, conforme as regras sanitárias, para descarte e incineração".

Outro lado
Em nota, Antônio Jorge, que exerceu o cargo de secretário de saúde até dezembro de 2013, informou que o assunto vem sendo tratado "com viés político partidário" pelo atual governo e afirmou que as informações dadas pelo atual governo precisam ser checadas "in loco".

Jorge, que atualmente é deputado estadual pelo PPS, revelou ainda que a perda é "da natureza de gestão de grandes estoques a perda anual de insumos". Para tanto, o político disse ter se baseado em estudo atribuído à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) no qual perdas compreendidas entre 2% a 5% do total são consideradas aceitáveis nesses casos.

"Ou seja, o primeiro balizamento a ser feito é cotejar esta informação com o volume anual de medicamentos adquiridos que, do ponto de vista financeiro, deve aproximar-se de R$ 500 milhões/ano", trouxe a nota.

Antônio Jorge afirmou ainda que o desperdício deve ser combatido, mas ressalta que "é preciso responsabilidade para que assuntos de natureza técnica não sejam explorados exclusivamente com conotação política como o observado até o momento".

O deputado afirmou que vai protocolar, nesta quinta-feira (9), no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (AL-MG), pedido para que a comissão de saúde da Casa Legislativa "diligencie junto ao atual operador logístico e à Secretaria de Estado de Saúde para a correta e necessária obtenção da precisa informação sobre o assunto".

Já José Geraldo de Oliveira Prado, que exerceu o cargo de secretário de saúde de Minas Gerais entre abril e dezembro de 2014, na gestão de Alberto Pinto Coelho (PP), informou que não teria como se manifestar sobre o assunto sem ter em mãos o detalhamento da situação dos medicamentos na qual o atual governo disse ter encontrado.

COLUNISTA

PAULO PAIVA

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Minas Gerais

Primeiro dia de greve dos bancários tem 25% de adesão em Minas

Trabalhadores, que pedem 16% de aumento, rejeitaram proposta de 5,5%; clientes poderão utilizar os serviços via internet ou pelo caixa eletrônico

07/10/2015   05:41:59

Ler Matéria

BALANÇO PARCIAL Pelo menos 28 pessoas morreram nas estradas mineiras neste feriado

O balanço oficial das policiais rodoviárias federais e estaduais só deve sair nesta terça-feira (8); a volta para a casa nesta segunda-feira (7) é bastante lenta principalmente na BR-381 no retorno do Espirito Santo para Belo Horizonte

07/09/2015   17:52:25

Ler Matéria

Operação de feriado nas rodovias mineiras começa nesta sexta

Fiscalização e policiamento serão intensificados nas estradas; objetivo é prevenir acidentes e garantir a fluidez do trânsito

03/09/2015   20:43:26

Ler Matéria

Gás de Cozinha Está em Média R$ 11 Mais Caro em Minas

Primeiro reajuste da Petrobras desde 2002 fará do botijão o vilão da inflação

02/09/2015   08:29:15

Ler Matéria

Correio Braziliense Divulga Matéria Sobre Hospital Colônia de Barbacena

Mais de 60 mil pessoas morreram no maior manicômio do Brasil

22/08/2015   13:40:17

Ler Matéria

Pedágio na BR-040 começa nesta quinta-feira

Motoristas que cruzarem de carro nove das 11 praças de pedágio pagarão R$ 4,60

29/07/2015   17:43:27

Ler Matéria

PM vai utilizar "aviãozinho"

Equipamento deve começar a funcionar em agosto e tem capacidade para tirar 450 fotos a cada 15 minutos e transmitir imagens em tempo real

26/06/2015   05:47:54

Ler Matéria



 
   
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções da Jovem Rio!






  
Copyright © 1998/2015 Todos os direitos reservados!