Espalhe por aí                  Visitas: 390


17/06/2015 às 09:55:20
Novos pedágios começam a funcionar em breve em Minas..

Cobrança começará a ser feita em breve em vários trechos de rodovias federais e estaduais de Minas Gerais. Motoristas esperam que tarifas garantam a conservação de todas as vias
créditos: UAI

Motoristas que trafegam pela BR-262, entre Betim e o entroncamento com a BR-153, em Campo Florido, no Triângulo Mineiro, já encontram cinco praças de pedágio prontas para começar a cobrar a tarifa. Em Florestal, na Grande BH, as 12 cabines equipadas com computadores, câmeras, redutores de velocidade e toda a estrutura necessária para a operação já estão posicionadas, aguardando apenas a chegada dos funcionários. A empresa Triunfo Concebra, concessionária responsável pelas BRs 262, 153 e 060, informou que já concluiu as intervenções requisitadas no contrato com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para fazer a cobrança em 11 praças de todo o trecho, que soma mais de 1,1 mil quilômetros, cuja tarifa base foi estipulada em R$ 2,85 e ainda precisa ser corrigida com base na inflação de 2014 e 2015. Resta apenas a publicação da ANTT no Diário Oficial da União autorizando a cobrança.

Outra empresa que espera começar a cobrar em breve é a Via 040, que opera a BR-040, entre Brasília e Juiz de Fora, na Zona da Mata. Segundo a concessionária, em 30 dias chegam ao fim as obras das 11 praças de pedágio e em 20 dias serão finalizadas as intervenções para a duplicação de 10% da rodovia, principal requisito para a cobrança da tarifa. Nesse caso, a tarifa aprovada no leilão, sem as correções inflacionárias, é de R$ 3,22, mas o valor final precisa ser homologado pela ANTT. A MGO Rodovias, última empresa que venceu um leilão de um trecho rodoviário na terceira etapa de concessões, já cobra pedágio na BR-050, no Triângulo Mineiro, desde 12 de abril.

A praça de pedágio mais perto de BH, que já está pronta na BR-262, fica no km 389, em Florestal. No local, os motoristas já passam pelas faixas entre as cabines de cobrança, mas apenas um vigia está trabalhando para cuidar dos equipamentos. São computadores, câmeras, redutores de velocidade, cancelas e 12 cabines de cobrança.

Veja a praça de pedágio da BR-262, em Florestal

 

O empresário Leandro Araújo, de 32 anos, de Pará de Minas, no Centro-Oeste do estado, costuma ir com frequência a BH. Ele espera que a cobrança da tarifa garanta a conservação permanente da 262 e a duplicação do restante do trecho. “Já pagamos muitos impostos para ainda ter que arcar com pedágio, mas, se é a única forma de conservação e duplicação das rodovias, vale a pena”, afirma.

O caminhoneiro Breno Bueno Moreira, de 26, percorre uma vez por semana o trecho de 120 quilômetros entre Antunes, na Região Central, às margens da BR-262, e Ribeirão das Neves, na Grande BH. “Estamos precisando de uma obra urgente no trevo de Antunes, que está desorganizado. O pedágio deve ser revertido para resolver os problemas, deixar a estrada sempre conservada”, afirma.

O engenheiro Walder Sousa Ribeiro, de 36, reconhece que as concessões rodoviárias significam melhorias, mas não concorda com o pedágio. “A gente paga 45,4% de impostos com o que ganha. Conservar as estradas e fazer as obras necessárias é responsabilidade do governo”, afirma.

A empresa Triunfo Concebra, responsável pela concessão das BRs 262, 153 e 060, sustenta que já concluiu as intervenções previstas em contrato para começar a cobrança de pedágio nas 11 praças de seu trecho, sete em Minas e quatro em Goiás. A principal é a duplicação de 10% dos 615 quilômetros de pistas simples do trecho. Foram duplicados 65 quilômetros entre Uberaba e Campo Florido, no Triângulo Mineiro.

Com o início da cobrança da tarifa nas três estradas controladas pela Triunfo, faltará apenas a BR-040 começar a cobrar o pedágio para que todas as três concessões rodoviárias mineiras da terceira etapa estejam cobrando a tarifa . Segundo a Via-040, que controla os 936 quilômetros da BR-040, entre Brasília e Juiz de Fora, a previsão é que em 30 dias sejam concluídas as obras para viabilizar a operação de 11 praças de pedágio no trecho, 10 delas em Minas Gerais.

Sete praças estão no segmento da rodovia entre BH e Brasília, enquanto outras três estão na outra perna da estrada, entre BH e Juiz de Fora. Já a previsão para o término da duplicação de 10% do trecho, cujas obras estão concentradas em Goiás e em João Pinheiro, Noroeste de Minas, é para os próximos 20 dias.

PISTAS SIMPLES O presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga de Minas Gerais, Antônio Vander Silva Reis, diz que as obras necessárias para adequação de capacidade das rodovias concedidas deveriam ter sido feitas antes das concessões, para que os motoristas não precisassem pagar o pedágio em rodovias de pistas simples.

“De qualquer forma, o pedágio será importante para garantir essas obras. Hoje, praticamente, não há comparação entre uma rodovia pedagiada, controlada pela iniciativa privada e bem conservada, e as rodovias públicas, com inúmeros problemas de manutenção e conservação”, afirma. Procurada, a ANTT não se manifestou sobre a previsão de cobrança dos pedágios dentro das concessões da terceira etapa no Brasil.
 

COLUNISTA

PAULO PAIVA

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Minas Gerais

Primeiro dia de greve dos bancários tem 25% de adesão em Minas

Trabalhadores, que pedem 16% de aumento, rejeitaram proposta de 5,5%; clientes poderão utilizar os serviços via internet ou pelo caixa eletrônico

07/10/2015   05:41:59

Ler Matéria

BALANÇO PARCIAL Pelo menos 28 pessoas morreram nas estradas mineiras neste feriado

O balanço oficial das policiais rodoviárias federais e estaduais só deve sair nesta terça-feira (8); a volta para a casa nesta segunda-feira (7) é bastante lenta principalmente na BR-381 no retorno do Espirito Santo para Belo Horizonte

07/09/2015   17:52:25

Ler Matéria

Operação de feriado nas rodovias mineiras começa nesta sexta

Fiscalização e policiamento serão intensificados nas estradas; objetivo é prevenir acidentes e garantir a fluidez do trânsito

03/09/2015   20:43:26

Ler Matéria

Gás de Cozinha Está em Média R$ 11 Mais Caro em Minas

Primeiro reajuste da Petrobras desde 2002 fará do botijão o vilão da inflação

02/09/2015   08:29:15

Ler Matéria

Correio Braziliense Divulga Matéria Sobre Hospital Colônia de Barbacena

Mais de 60 mil pessoas morreram no maior manicômio do Brasil

22/08/2015   13:40:17

Ler Matéria

Pedágio na BR-040 começa nesta quinta-feira

Motoristas que cruzarem de carro nove das 11 praças de pedágio pagarão R$ 4,60

29/07/2015   17:43:27

Ler Matéria

PM vai utilizar "aviãozinho"

Equipamento deve começar a funcionar em agosto e tem capacidade para tirar 450 fotos a cada 15 minutos e transmitir imagens em tempo real

26/06/2015   05:47:54

Ler Matéria



 
   
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções da Jovem Rio!






  
Copyright © 1998/2015 Todos os direitos reservados!