Espalhe por aí                  Visitas: 1030


14/07/2015 às 15:53:14
Judô e canoagem turbinam campanha do Brasil no Pan

Tiago Camilo e Isaquias Queiroz foram os únicos a ganhar ouro; mesmo assim, Brasil caiu da 5ª para 6ª posição geral
créditos: O Tempo

Com o tricampeonato de Tiago Camilo e o primeiro título Pan-Americano da grande promessa Isaquias Queiroz, o judô e a canoagem foram os destaques do Brasil nessa segunda-feira (13) em Toronto, conquistando quatro medalhas cada.

Tiago e Isaquias foram os únicos aganhar o ouro, mas houve 11 pódios, um a mais do que no domingo, com duas pratas e sete bronzes, levando o total a 24 (6 ouros, 6 pratas e 12 bronzes).
Mesmo assim, o Brasil caiu da quinta para a sexta posição do geral, ao ser ultrapassado por Cuba, que subiu para o terceiro lugar, à frente dos surpreendentes Colômbia (4º) e México (5º). O anfitrião Canada continua liderando, com os Estados Unidos em segundo.
As primeiras medalhas brasileiras vieram pela manhã, com a canoagem. Campeão mundial no ano passado, Isaquias Queiroz deu o tom logo de cara ao conquistar o ouro no C1-1000 m, mostrando por que é considerado uma das principais chances de medalhas do Brasil nas Olimpíadas do Rio-2016.
Pouco depois, o baiano de 21 anos voltou à água e brilhou de novo, ao lado de Erlon de Souza, levando a medalha de prata no C2-1000m.
Em seguida, a dupla formada por Celso Júnior e Vagner Souta ganhou o bronze no K2-1000m, e Ana Paula Vergutz também ficou em terceiro lugar, no K1-500m.
Camilo faz história
Carro-chefe do projeto olímpico brasileiro, o judô também rendeu quatro medalhas nesta segunda-feira, sendo que os quatro atletas que subiram ao tatame subiram ao pódio, com um ouro e três bronzes.
Depois de Érika Miranda no sábado e Charles Chibana no domingo, foi a vez de Tiago Camilo se consagrar, na categoria até 90 kg.
O título teve um sabor ainda mais especial para o veterano de 33 anos, por ser o terceiro seguido em Jogos Pan-Americanos, com mais uma vitória sobre o cubano Asley González, que já havia derrotado na final da última edição, em Guadalajara.
Maria Portela (até 70 kg) também repetiu o resultado de 2011, ao faturar o bronze. Para Mariana Silva (até 63 kg) e Victor Penalber (até 81 kg), foi o primeiro pódio numa grande competição internacional.
No total, o judô brasileiro soma nove medalhas em dez categorias já disputadas (3 ouros, uma prata e cinco bronzes).
Força feminina
A ginástica artística também proporcionou muitas emoções nesta segunda-feira. Caçula da delegação brasileira em Toronto, Flávia Saraiva, de 15 anos e apenas 1,33 m, levou a medalha de bronze no individual geral.
No masculino, Caio Souza, de 21 anos, quase subiu ao pódio, mas ficou em quarto, deixando a medalha escapar no último aparelho.
Seis das onze medalhas brasileiras do dia foram conquistadas por mulheres. Além de Ana Paula Vergutz na canoagem, Maria Portela e Mariana Silva no judô, e Flávia Saraiva na ginástica, Bruna Piloto também subiu ao pódio, com o bronze no levantamento de peso (até 63 kg).
No Centro Aquático, a dupla formada por Giovanna Pedroso e Ingrid de Oliveira, de 15 e 19 anos, respectivamente, surpreendeu a todos ao conquistar a prata nos salto ornamentais sincronizados (plataforma de dez metros).
As jovens brasileiras deixaram para trás as experientes mexicanas Paola Espinosa e Alejandra Orozco, medalhistas de prata nos Jogos Olímpicos de Londres-2012 e de bronze em Pequim-2008, que tiveram que se contentar com o terceiro lugar.
Polo aquático na final
Onze novas medalhas foram conquistadas oficialmente nesta segunda-feira, mas outras quatro já foram garantidas. No badminton, o Brasil classificou três duplas nas semifinais, assegurando o pódio para cada uma delas, já que não há disputa de bronze na modalidade.
Daniel Paiola e Hugo Arthuso avançaram no masculino, as irmãs Lohaynny e Luana Vicente fizeram o mesmo no feminino. Lohaynny e Daniel também se classificaram às semis das duplas mistas.
No polo aquático, a seleção masculina garantiu ao menos a prata, ao chegar à final, com vitória por 15 a 9 sobre a Argentina. A decisão pelo ouro será na próxima quarta-feira, contra os Estados Unidos.
O Brasil vem crescendo na modalidade, e acaba de levar a medalha de bronze na Liga Mundial, no fim do mês passado. 

COLUNISTA

Silas Cannavarro

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Destaque

FGTS vai distribuir parte do lucro de R$ 8,5 bi; veja quem recebe e quando

Quais são as regras para que o trabalhador possa receber o lucro?... - Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/08/11/fgts-ira-distribuir-parte-do-lucro-de-r-85-bi-veja-quem-recebe.htm?cmpid=copiaecola

11/08/2021   14:13:58

Ler Matéria

Rio Pomba registra mais de 150 novos casos de Covid-19 desde o início da Onda Roxa

Desde o início da ‘Onda Roxa’, decretada pelo Governo do Estado no dia 16 de março, Rio Pomba registrou mais de 150 novos casos de Covid-19.

05/04/2021   21:44:37

Ler Matéria

MEC lança Diploma Digital para combater falsificação e diminuir tempo de espera

Expectativa do órgão é de que a partir de 2022 as instituições não emitam mais o diploma físico; economia prevista é de R$ 48 milhões por ano

10/12/2019   17:48:03

Ler Matéria

Os 10 Benefícios da Laranja Para Saúde

Os 10 Benefícios da Laranja Para Saúde

11/06/2017   20:10:56

Ler Matéria

10 benefícios de beber água com limão morna de manhã

10 benefícios de beber água com limão morna de manhã

11/06/2017   20:06:25

Ler Matéria

10 Benefícios do Limão para sua Saúde!

10 Benefícios do Limão para sua Saúde!

11/06/2017   20:03:07

Ler Matéria

Mágicas na Cozinha: como cortar tomates-cerejas em cinco segundos

Mágicas na Cozinha: como cortar tomates-cerejas em cinco segundos

11/06/2017   19:57:54

Ler Matéria

Suco antiestresse ou diurético? 7 receitas para o que você mais precisa...

Suco antiestresse ou diurético?

11/06/2017   19:54:53

Ler Matéria



 
   
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções da Jovem Rio!






  
Copyright © 1998/2021 Todos os direitos reservados!