Espalhe por aí                  Visitas: 457


21/07/2015 às 19:17:12
Grão da cevada é aliado na dieta e no combate à obesidade

Veja em quais formas a cevada pode ser encontrada e como ela ajuda
créditos: UAI

A nutricionista Andrea Zaccaro, presidente da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva (Abne), tem incluído o grão de cevada na dieta de alguns pacientes com sucesso, até mesmo para o controle do peso, já que o grão também ajuda a combater a obesidade. O grão tem betaglucana, uma fibra solúvel que baixa os níveis de colesterol ruim, ajuda no controle glicêmico, aumenta a saciedade e ajuda no combate ao envelhecimento da pele. Além do grão, que por ser mais durinho precisa de uma mastigação mais lenta, o que ajuda a ativar a saciedade, a cevada pode ser encontrada em outras formas, como:

SAIBA MAIS...
Cerveja na chupeta: permissividade com o álcool pode despertar interesse precoce pelas bebidas
Cerveja sem álcool tem sido consumida por quem busca uma vida saudável
Apenas o gosto da cerveja ativa o sistema de recompensa cerebral
» Café de cevada – Os grãos de cevada selecionados são torrados e moídos, dando origem ao café de cevada, considerado o melhor substituto do café, com o benefício de não conter cafeína, podendo ser consumido sem fazer qualquer malefício à saúde.

» Cerveja – Cerca de 30% da cerveja é derivados do lúpulo, como o xanthohumol e o isoxanthohumol, e 70% a 80% originam-se da cevada. “As propriedades da cevada estão na cerveja em quantidades menos expressivas”, observa Andrea Zaccaro. Segundo a nutricionista, assim como o vinho, a cerveja pode ser apreciada em quantidades moderadas, até duas latinhas para o homem e uma para a mulher por dia, e, assim, pode fazer parte de um estilo de vida equilibrado. Para ela, a cerveja não precisa ser retirada da dieta, ao menos que, por motivos de saúde, não se possa fazer ingestão alguma de álcool, além de o consumo abusivo ser repreensível. “Feita de ingredientes naturais, como lúpulo e malte de cevada, a cerveja, quando apreciada com moderação, não oferece riscos”, diz. Harmonizar a cerveja com a refeição, por exemplo, atenua os efeitos do álcool e pode estimular a saciedade. Além disso, a experiência gastronômica com a bebida proporciona prazer gustativo.

» Cevada na culinária – A utilização da cevada como ingrediente é vasta, incluindo a cerveja, farinhas e subprodutos como pães, massas e bolos, compondo cereais matinais, entre outros. Além disso, o grão intacto pode ser bastante versátil e consumido por meio de receitas e preparações diversas, como saladas, legumes, misturado ou como variação ao arroz, em sopas,
por exemplo.

COLUNISTA

PAULO PAIVA

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Saúde

Dica Para Fazer o Esmalte Secar Mais Rápido

Mergulhar as mãos em água gelada é truque certeira para secar o esmalte mais rápido

18/03/2016   09:23:46

Ler Matéria

Esfoliante caseiro de açúcar renova a pele e diminui oleosidade

Esfoliação ajuda a eliminar as células mortas da superfície e a desobstruir os poros

18/12/2015   06:03:06

Ler Matéria

Zika pode ser transmitido por leite ou sêmen? Veja o que a ciência já sabe

Principal forma de transmissão do zika vírus é pelo vetor Aedes aegypt

10/12/2015   05:17:19

Ler Matéria

Manteiga: antes vilã da alimentação saudável, ela finalmente foi reabilitada

Sempre vista como vilã nas dietas, a manteiga agora assume papel de superfood

09/12/2015   06:51:14

Ler Matéria

Exercício intenso, mas sem exaustão, melhora humor de jovens, diz estudo

Pesquisa da Unifesp avaliou efeito psicológico de exercício de alta intensidade. Quando praticante atinge estado de exaustão, efeito no humor é negativo.

02/11/2015   19:47:32

Ler Matéria

Estudos sugerem que tirar mês de 'férias' do álcool faz bem para a saúde

Cientistas acreditam que um mês sem álcool já ajuda fígado a se recuperar. Pesquisa que será apresentada este mês indica benefícios de abstinência.

02/11/2015   19:30:11

Ler Matéria

Estudo explica por que você deve fugir de restaurantes que servem porções avantajadas

Cientistas do Reino Unido alertam que porções muito grandes de alimentos levam as pessoas a comer além da necessidade, aumentando o risco de doenças como câncer e obesidade

07/10/2015   06:23:24

Ler Matéria

Texto da jornalista Fernanda Gentil sobre amamentação fortalece cinco mitos sobre aleitamento materno; veja quais são

Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o aleitamento materno exclusivo durante os seis primeiros meses de vida do bebê, média brasileira é de 54 dias

07/10/2015   06:19:22

Ler Matéria



 
   
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções da Jovem Rio!






  
Copyright © 1998/2015 Todos os direitos reservados!