Espalhe por aí                  Visitas: 302


02/09/2015 às 08:29:15
Gás de Cozinha Está em Média R$ 11 Mais Caro em Minas

Primeiro reajuste da Petrobras desde 2002 fará do botijão o vilão da inflação
créditos: O Tempo

O bolo nosso de cada dia vai ficar mais raro. Desde nesta terça, o consumidor já está pagando entre R$ 10 e R$ 11 a mais pelo botijão de 13 quilos de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP). Foram dois reajustes de uma vez só: 15% da Petrobras, que desde 2002 não aumentava o preço; mais 10% de repasse de aumento de custos das distribuidoras. A combinação caiu como uma bomba para o consumidor, e vai garantir ao gás o posto de vilão da inflação de setembro. “Só os 15% vão fazer o gás contribuir com 0,14 ponto percentual no IPCA”, destaca a coordenadora do Instituto de Pesquisas Econômicas, Administrativas e Contábeis (Ipead/UFMG), Thaize Martins.


“As vendas caíram. Teve gente que, quando falei o novo preço, desligou o telefone na minha cara. De cada dez que ligaram, três desistiram”, conta o revendedor Elber Meira, que tem um depósito no Alípio de Melo, na região da Pampulha. Lá, o preço subiu de R$ 53 para R$ 60. “Estou há 30 anos no ramo e nunca vi um aumento tão alto. Foi o maior de todos os tempos”, afirma.

O dono do depósito Mendes, no Vale do Jatobá, região do Barreiro, Gilberto Mendes, vai repassar o aumento hoje. “Mesmo antes de subir, minhas vendas caíram nesta terça-feira. A tendência é essa, ainda mais que hoje tem equipamentos como panelas elétricas, que as donas de casa acabam usando para economizar gás”, diz.


O presidente da Associação Brasileira dos Revendedores de GLP (Asmirg-BR), Alexandre Borjaili, ressalta que o aumento, além de surpreender os depósitos e os consumidores, foi maior do que deveria. “O aumento de 15% deveria ter sido calculado com base no preço que a distribuidora paga à refinaria, que é de cerca de R$ 11. Então tinha que ser só R$ 1,65. Mas eles calcularam em cima do preço que a revenda compra da distribuidora, que é em torno de R$ 35. E ainda teve o repasse de custos das distribuidoras, de 10%, alegando que tiveram que aumentar salários”, explica. O reajuste garante à Petrobras receita extra de R$ 105 milhões por mês, considerando a venda média mensal de 35 milhões de botijões. 

COLUNISTA

Silas Cannavarro

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Minas Gerais

Primeiro dia de greve dos bancários tem 25% de adesão em Minas

Trabalhadores, que pedem 16% de aumento, rejeitaram proposta de 5,5%; clientes poderão utilizar os serviços via internet ou pelo caixa eletrônico

07/10/2015   05:41:59

Ler Matéria

BALANÇO PARCIAL Pelo menos 28 pessoas morreram nas estradas mineiras neste feriado

O balanço oficial das policiais rodoviárias federais e estaduais só deve sair nesta terça-feira (8); a volta para a casa nesta segunda-feira (7) é bastante lenta principalmente na BR-381 no retorno do Espirito Santo para Belo Horizonte

07/09/2015   17:52:25

Ler Matéria

Operação de feriado nas rodovias mineiras começa nesta sexta

Fiscalização e policiamento serão intensificados nas estradas; objetivo é prevenir acidentes e garantir a fluidez do trânsito

03/09/2015   20:43:26

Ler Matéria

Gás de Cozinha Está em Média R$ 11 Mais Caro em Minas

Primeiro reajuste da Petrobras desde 2002 fará do botijão o vilão da inflação

02/09/2015   08:29:15

Ler Matéria

Correio Braziliense Divulga Matéria Sobre Hospital Colônia de Barbacena

Mais de 60 mil pessoas morreram no maior manicômio do Brasil

22/08/2015   13:40:17

Ler Matéria

Pedágio na BR-040 começa nesta quinta-feira

Motoristas que cruzarem de carro nove das 11 praças de pedágio pagarão R$ 4,60

29/07/2015   17:43:27

Ler Matéria

PM vai utilizar "aviãozinho"

Equipamento deve começar a funcionar em agosto e tem capacidade para tirar 450 fotos a cada 15 minutos e transmitir imagens em tempo real

26/06/2015   05:47:54

Ler Matéria



 
   
Cadastre seu e-mail e receba novidades e promoções da Jovem Rio!






  
Copyright © 1998/2015 Todos os direitos reservados!